Iniciou no sábado uma série de mutirões de combate ao Aedes Aegypti

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou no, dia 21, uma série de mutirões que visam à retirada de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da
mini_dsc_3024dengue, febre chikungunya e zica
, em toda a cidade. A ação faz parte da campanha “Todos Juntos contra o Aedes aegypti”, realizada pelo Governo do Estado, que consiste no repasse de recursos financeiros aos municípios que aderirem ao programa. O Programa de Controle da Dengue municipal já havia aderido à campanha no ano passado e este ano o convênio foi prorrogado.

Ao todo serão realizados 15 mutirões em todos os sábados até o dia 29 de abril. Cada mutirão contará com a participação de uma equipe de 60 integrantes, compostos por agentes do Programa de Controle da Dengue e agentes comunitários de saúde, e seis supervisores. O primeiro deles acontecerá no Jardim Morada do Sol, entre a Avenida Ário Barnabé e a Rua Martinho Lutero, no Parque Corolla. Os bairros onde serão realizados os próximos mutirões serão definidos após a conclusão da Avaliação de Densidade Larvária (ADL), que determina nível de infestação do mosquito e bairros com maior risco de transmissão da doença. A avaliação deverá ser concluída na próxima semana.

Segundo o coordenador do Programa de Controle da Dengue, Ulisses Bernardinetti, o município conta atualmente com 29 agentes do programa e 73 agentes comunitários de saúde. “Nesta parceria o Governo do Estado repassa ao município R$120 por agente em cada sábado trabalhado. Os mutirões são uma ferramenta importante para alertar e orientar os moradores de diversos bairros da cidade sobre como eliminar o mosquito transmissor de várias doenças”, ressaltou.

Em 2016 a Secretaria de Saúde, por meio do Programa de Controle da Dengue, realizou 28 mutirões por toda a cidade, nos quais foram trabalhados 31.352 imóveis e retirados 3.327 sacos de cem litros de pequenos criadouros, tais como garrafas, latas, pneus pequenos, tampas e pratos de plantas. Foram recolhidos ainda 13 caminhões com criadouros mais pesados, como pneus de carros e caminhões, vasos sanitários, tambores e pias.

Em 2015, quando o Brasil teve um índice recorde de casos de dengue, com mais de 1,6 milhão, Indaiatuba registrou 1.922 casos da doença. No ano passado 471 pessoas contraíram a doença no município. Este ano foram notificados dois casos suspeitos da doença no município.

Notícias Relacionadas

thumbnail
hover

Parada de Natal acontece no Pq....

A preparação da Parada de Natal de Indaiatuba está em ritmo final. O primeiro desfile será realizado no sábado, dia 02, na avenida Enge...

thumbnail
hover

Sepultura faz apresentação gratuita para final...

A banda Metal Sepultura se apresenta gratuitamente na final do 15º Festival de Rock promovido pela secretaria de Cultura. Evento acontece n...

thumbnail
hover

Indaiatuba recebe Mostra VIII Brazilian Film...

A ONG Partners of the Americas – Capítulo São Paulo/Illinois com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria de Cultura e do Topázio Cin...