Inscrições para Oficina da Escola do Patrimônio que acontece no dia 26 está aberta

A Prefeitura por meio da Fundação Pró-Memória e em parceria com o Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas na Unicamp, promove oficinas gratuitas da Escola do Patrimônio durante o ano de 2017. A inscrição para o curso “A Preservação do Patrimônio Urbano do Primeiro Oeste Paulista”, que acontece no dia 26 de agosto, está aberta. Para participar basta preencher a ficha de inscrição disponível no site da fundação, www.promemoria.indaiatuba.sp.gov.br/, e encaminha-la para o e-mail escoladopatrimonio@promemoria.indaiatuba.sp.gov.br. Para as outras oficinas o documento estará à disposição quinze dias corridos antes de cada curso. Maiores informações pelo telefone 3875-8383 ou diretamente no Museu Casarão Pau Preto.

A Escola do Patrimônio é um projeto realizado em parceria entre Fundação Pró-Memória e o Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas na Unicamp desde 2014, que visa discutir questões referentes ao patrimônio documental, cultural e ambiental e sua preservação por meio de oficinas gratuitas destinadas à comunidade.

PROGRAMAÇÃO DAS OFICINAS REALIZADAS PELO PROJETO ESCOLA DO PATRIMÔNIO

OFICINA: A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO URBANO DO PRIMEIRO OESTE PAULISTA

Professor: Dr. Francisco Dias de Andrade (Doutor em História da Arte – UNICAMP)

Data: 26 de agosto

Horário: 9h às 13h – 14h às 16h

Local: Tulha – Casarão Pau Preto (Rua Pedro Gonçalves, 477 Jardim Pau Preto, Indaiatuba/SP)

Ementa: A oficina visa apresentar algumas noções e elementos urbanísticos e arquitetônicos básicos do passado da região compreendida por cidades como Jundiaí, Campinas, Itu, Indaiatuba, Sorocaba, Piracicaba, entre outras. No primeiro bloco temático se abordará algumas questões comuns à todas as cidades da região. Dentre elas, pode-se citar a influência da legislação colonial e imperial concernente ao solo urbano, as transformações decorridas da mudança da malha viária a partir do fim do séc. XIX, a importância dos imigrantes para a consolidação da vida urbana, o processo de criação de novas centralidades urbanas e seu impacto no “centro histórico” e o modo como essas dinâmicas foram (ou deixaram de ser) contempladas pelas políticas de preservação cultural. No segundo bloco, pretende-se apresentar algumas diretrizes para pesquisadores interessados na história e na preservação urbana regional. Intenta-se encerrar a oficina com um roteiro de visita pelo centro histórico de Indaiatuba.

Atividade prática: Visita pelo centro histórico de Indaiatuba

Inscrições a partir do dia: 11/08/2017

OFICINA: EXPERIÊNCIAS PAULISTAS EM EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

Professor: Ms. Fernando Siviero

Data: 23 de setembro

Horário: 9h às 13h – 14h às 16h

Local: Tulha – Casarão Pau Preto (Rua Pedro Gonçalves, 477 Jardim Pau Preto, Indaiatuba/SP)

Ementa: Atualmente, muito se fala no campo da preservação do patrimônio cultural em Educação Patrimonial. Cada vez mais, as leis e as políticas públicas apontam a necessidade de projetos e ações educativas em qualquer intervenção preservacionista. Governo, ONGs e empresas disputam significados e práticas da educação patrimonial.

Em 2014, o Iphan publicou “Educação Patrimonial: histórico, conceitos e processos”. Nesse breve livro, encontra-se uma perspectiva histórica do assunto na instituição e algumas orientações para a prática educativa. Apesar disso, observa-se que esse campo possui um acúmulo de experiências muito distintas em todo território nacional e ainda não possui sistematização. Nesse curso vamos estudar o histórico da educação patrimonial no Iphan e conhecer diferentes conceitos, paradigmas e ações educacionais.

Além disso, teremos a oportunidade de analisar algumas experiências nas quais a preservação e a educação patrimonial caminham em conjunto, criando situações e perspectivas que potencializam a função sociocultural dos bens culturais.

Inscrições a partir do dia: 08/09/2017

OFICINA: O BARROCO PAULISTA

Professor: Doutorando Mateus Alves Silva (Doutorando em História – UNICAMP)

Data: 21 de outubro

Horário: 9h às 13h – 14h às 16h

Local: Tulha – Casarão Pau Preto (Rua Pedro Gonçalves, 477 Jardim Pau Preto, Indaiatuba/SP)

Ementa: A formação de São Paulo e o desenvolvimento artístico; Particularidades do Barroco Paulista; Arquitetura religiosa e civil; Escultura e talha barroca; Pintura e decoração religiosa.

Atividade prática: Exercícios de análise de obras de arte.

Inscrições a partir do dia: 06/10/2017

Notícias Relacionadas

thumbnail
hover

Fiec abre as inscrições para o...

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura) informa que as inscrições para o Vestibulinh...

thumbnail
hover

Prefeitura divulga programação do município no...

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras e Vias Públicas, divulgou nesta semana as ações que serão realizadas pelo município dentr...

thumbnail
hover

Final do 17º Prêmio Nabor Instrumentista...

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Fundação Pró-Memória, realiza na sexta-feira, dia 27, às 19h30, no Ciaei (Centro, Integrado de ...